Empresa no Simples Nacional? Confira cinco dicas rápidas que podem reduzir boa parte das suas contingências relacionadas à contabilidade da sua empresa.

1- Empresas do Simples Nacional precisam ter o registro de sua movimentação de receitas e gastos. Seja por Livro Caixa ou Livro Diário?

- A falta de manutenção deste livros pode causar a exclusão por, pelo menos, 3 ano do Simples Nacional.

2- Manter contabilidade pode reduzir o seu imposto.

- Com a manutenção da contabilidade é possível comprovar que a sua empresa teve lucros maiores do que o valor estimado pelo o governo para fins de Imposto de Renda. Assim, quando comprovado na contabilidade, a parte do lucro superior à presunção do governo, poderá ser distribuída sem incidência do Imposto de Renda.

3- Você já verificou se no balancete da sua empresa a conta “Caixa” está com o saldo negativo?

- Várias inconformidades resultam no saldo negativo da conta “Caixa”. Isso comprova a ineficiência no tratamento dos documentos financeiros da empresa. Entre várias possibilidades, a Receita Federal pode arbitrar que esta é uma situação de “Omissão de Receita” (sonegação).

4- Você sabia que quando um fornecedor presta serviço para sua empresa e não emite a nota fiscal, a obrigação pela emissão é sua?

- Desde outubro de 2014 a Prefeitura de Salvador instituiu a NFTS (Nota Fiscal do Tomador de Serviço), que entre outras obrigações, te obriga a emitir a nota fiscal de serviço caso seu fornecedor não o faça. Veja mais informações no link

5- Mesmo quando sua empresa não tem movimento ela deve enviar, pelo menos, duas “declarações” mensais ao governo?

- O não envio destas declarações pode gerar multas que serão somadas mês a mês.

Comentários não são permitidos nesta seção.